Copa de Literatura

A Copa de Literatura, terminada há poucos dias, deu uma sacudida nos meios internáuticos e gerou polêmica. A idéia de colocar obras editadas em 2006/2007 em confronto direto, como se fosse uma eliminatória esportiva, não deixa de ser interessante.

O inusitado foi a vitória de um escritor da “velha guarda”, o gaúcho Assis Brasil, com o romance Música Perdida. Na final, enfrentou o surpreendente Um Defeito de Cor, o calhamaço (940 páginas) de estréia  da mineira Ana Maria Gonçalves.

Por que me surpreendi? Porque a totalidade dos jurados eram escritores-blogueiros ou pelo menos íntimos da mídia, e a maior parte dos romances julgados eram da mesma  safra moderninha, com poucos títulos no currículo. Gente como Daniel Galera, Cintia Moscovith, André Sant’anna, Sérgio Rodrigues e alguns que nunca li.

Uma vitória da tradição sobre a modernidade? Certamente, embora uma batalha não represente a totalidade da guerra. O interessante foi o diálogo aberto entre os críticos-juízes, os escritores e o público, que discutiu posturas estéticas e até éticas, do tipo “é possível avaliar um livro confessando não ter lido inteiro?”

Enfim, gostei da iniciativa do Lucas Murtinho e recomendo uma visita ao site Copa de Literatura. Um quadro bem atual de como andam as escrituras e leituras em nosso país. 

Anúncios

4 Responses to “Copa de Literatura”


  1. 1 Rita Costa & André L. Soares 12/12/2007 às 1:06 pm

    A idéia parece excelente, mas,… infelizmente, nem fiquei sabendo disso. Leio muito mesmo pelo web, visito muitas páginas diariamente e, mesmo assim, somente agora tomei conhecimento. Vamos aguardar, então, a próxima edição e tentar participar.

  2. 2 Daniel Brazil 17/12/2007 às 12:47 am

    A amiga (e também escritora) Regina Rheda me alerta que Um Defeito de Cor não é o livro de estréia de Ana Maria Gonçalves, e sim o segundo.
    O primeiro deve ser tão alternativo que não encontrei nenhuma referência no Google. Fica o registro. Obrigado, Re!

  3. 3 Jefferson Luiz 21/12/2007 às 5:49 pm

    O primeiro livro dela foi o Ao Lado e à Margem. Você encontra uma resenha dele em http://www.verdestrigos.org/sitenovo/site/resenha_ver.asp?id=64

    1 abraço.

  4. 4 Daniel Brazil 22/12/2007 às 5:48 pm

    Boa dica, Jefferson!
    É evidente que Um Defeito de Cor teve uma repercussão muito maior, com o Prêmio Casa de las Américas, mas quem estiver curioso sobre o estilo da autora, pode começar por este. Ambos foram escritos em Itaparica, em períodos muito próximos.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: