A cientista social(ite)

Às vezes lemos coisas brilhantes por aí, e dá vontade de divulgar. Bom, blog também serve pra isso! Quem escreve é o professor e lingüista Sírio Possenti, da Unicamp.

QUE ANALOGIA!

No sistema Lattes eu não achei nada sobre ela, mas o Google informa que Lúcia Hippólito é cientista política, historiadora e jornalista. Eu a ouvi bastante na véspera das eleições de 2006. Salvo engano, uma vez por semana, Jô Soares a levava, com mais três outras jornalistas, a seu programa de entrevistas para debater os fatos políticos. O quarteto tinha um nome, esqueci qual, mas sei que não era elogioso. Era discretamente machista. Agora, ela deita falação diária na CBN. É difícil encontrar “especialista” que insista tanto em lugares comuns.
Em geral, fica no seu tema. Mas, depois de algum tempo, deve sentir-se suficientemente à vontade para dar pitacos em áreas nas quais não se especializou, digamos assim. No dia 17/06/2008, falando com Heródoto Barbeiro, decidiu comentar seu estado de espírito durante o jogo Brasil X Paraguai: informou que esteve muito nervosa, que saiu de frente da TV, que não suportou ver o jogo da medíocre seleção do Dunga.
E, de repente, engatou um raciocínio que nem Freud explicaria. Decidiu que a escolha de Dunga para técnico da seleção brasileira se deve ao fato de Lula ter sido eleito presidente “sem nunca ter feito nada antes”! (Parênteses: se Lula não fez nada, como se poderia qualificar o que fez Lúcia Hippólito? Se ela tivesse feito na área dela o que Lula fez na dele, ela seria a principal historiadora, cientista política e jornalista brasileira hoje, reconhecida no mundo inteiro por seus pares).
O raciocínio dela é “brilhante”: Lula é presidente sem ter feito nada, e isso se traduz em decisões ruins em outras áreas: por exemplo, Dunga se torna técnico da seleção sem nunca ter treinado nenhum time, nem na sua rua. E Lúcia Hippólito, claro, pode tornar-se comentarista política, opinando sobre tudo, tudo, tudo – até sobre futebol.
Não sei bem o que ela sabe de política, dado que mais opina do que analisa, mas de futebol ela entende pouco. Poderia saber, por exemplo, que houve outros ex-jogadores que se tornaram técnicos das seleções de seus países sem antes (nem depois) treinarem time algum. Por exemplo, Beckenbauer só treinou a seleção alemã até hoje (e foi campeão do mundo em 90). E o treinador da mesma Alemanha na Copa de 2006, Jürgen Klinsmann, teve carreira parecida (só não foi campeão).
Pensando melhor, em política ela também comete erros banais. Desconheceu, em seu comentário, que Lula foi eleito e reeleito (pelo menos, sua reeleição se deu depois de ele ter sido presidente, salvo engano…). Em regimes democráticos, ser eleito deveria ser a principal credencial, para qualquer político. Ou será que ela também acha que o povo não sabe votar? A chegada de Lula à presidência não tem nada a ver com a de Dunga à seleção.
Ela também disse que a Dilma está no mesmo caminho: só dirigiu a Casa Civil e agora quer ser candidata a Presidente. Mas, dona Lúcia, ela não foi ministra de Minas e Energia no próprio governo Lula, antes de ir para a Casa Civil? E antes disso, não foi Secretária de Minas e Energia no Rio Grande do Sul? Foi, dona Lúcia, foi. E em dois governos: no de Alceu Collares e, depois, no de Olívio Dutra.
É claro que estudar é importante. Mas, como se pode ver, às vezes, não adianta nada.

(Sírio Possenti é professor associado do Departamento de Lingüística da Unicamp e autor de Por que (não) ensinar gramática na escola, Os humores da língua e de Os limites do discurso.)

 

 

Anúncios

12 Responses to “A cientista social(ite)”


  1. 1 paulow 24/06/2008 às 10:20 pm

    A única coisa que acho engraçado é esse
    jeito de falar que quem não tem curriculo
    lattes não tem nada. É o velho rei na barriga
    dos acadêmicos !!!
    Cão que não lattes também morddis !!!

  2. 2 Daniel Brazil 25/06/2008 às 12:52 am

    Não é um comentário engraçado, meu caro. Gente que ostenta títulos acadêmicos como “cientista social, historiadora, jornalista” deveria ser citada no Lattes, que nada mais é que um sistema de busca de quem ostenta títulos acadêmicos.
    Mas essa moça bem merece a traulitada do Possenti. Poucas vezes a vi em ação, mas sempre me pareceu o exemplo de “rei na barriga”, dando chute pra todo lado. Nas últimas eleições foi patética, errou em quase todos os palpites.
    Como gente assim tem espaço na mídia? Com que passado (como ela cobra do Lula, ha ha ha!)? Independente de ter ou não votado no Lula, qualquer brasileiro sabe (ou deveria saber) que ele foi líder sindical, presidente do maior sindicato do país, deputado constituinte mais votado em 88, presidente de um partido que chegou ao poder em 20 anos de existência. Gostemos ou não, temos uma história, e uma “cientista social” não poderia dizer a bobagem que disse.
    Mas adorei o “Cão que não lattes também morddis”. Me incluo nesta categoria, se aceitarem viralata…

  3. 3 Deise 27/06/2008 às 6:31 pm

    Tô sempre por aqui, não esqueci do seu blog.
    Beijos!

  4. 4 Hugo Brasil 29/06/2008 às 3:13 pm

    “É claro que estudar é importante.”

    Mas pensar é fundamental.

  5. 5 Flor 29/06/2008 às 3:14 pm

    Currículo lattes é orkut de intelectual…, hahaha!
    Beijo!

  6. 6 Carmen 02/07/2008 às 5:57 pm

    Achei engraçado que a questão do curriculo Lattes tenha causado mais “frisson” que o do próprio artigo, que achei excelente. A quantidade de vezes que vejo gente falando bobagem com ares de quem sabe tudo, e todos acreditam só por conta disso… Ponto para o Sírio Possenti! Tem que desmascarar!!!

    Ah, e só pra dar uma opinião (de dentro do mundo acadêmico), a criação desse banco de curriculos, o Lattes, foi FUNDAMENTAL para aumentar em muito a transparência de todos os processos na área acadêmica, como a distribuição de recursos. Se alguém diz que fulano ganhou um concurso porque tem melhor curriculo que beltrano, todos podem ir ver e conferir!

  7. 7 Daniel Brazil 02/07/2008 às 10:21 pm

    Boa defesa, Carmen. Vou até dar uma espiada no Lattes, depois dessa!

  8. 8 Joscimar 18/06/2009 às 10:48 pm

    Ahh,
    que bela crítica.
    Muitos outro(as) as merecem.
    Coitada da Cientista Social(ite) ela só queria participar… kkk
    (só participou na hora errada)
    Ela se esqueceu de que “quanto mais se estuda mais burro fica”, pois nos especialisamos muito e sempre focamos cada vez mais em uma determinada área. Ela deveria se lembrar disso na próxima vez que ela quiser “vomitar asneiras” por ai.

  9. 9 Daniel Brazil 19/06/2009 às 1:19 am

    Até respeito especialistas, Joscimar, mas só quando falam de sua especialidade. Uma “generalista” como ela devia tomar mais cuidado com as bobagens que diz, pois fica vulnerável a críticas.
    O Sírio Possenti acertou em cheio, com elegância e contundência.
    Abraço!

  10. 10 Claudio 15/01/2010 às 11:27 am

    Incrível! Como sociólogo e pretendente a cientista político, encaro com preocupação que a área das ciências sociais esteja tão mal representada na mídia. FHC, ao aposentar sua inteligência e senso crítico, esqueceu-se de avisar ao povo que não era mais sociólogo, que essa era uma profissão abandonada por ele. Assim, as bobagens que falou não viriam acompanhadas de “declarou o sociólogo Fernando Henrique”. Lúcia Hippólito faz ainda mais: busca no pior do senso comum a base de seu pensamento, e o carrega de “sou doutora em ciência política”. É vergonhoso para a classe, para a ciência e para a academia brasileira que alguém como ela pense o que pensa e diga o que diz com tanta autoridade.

    Excelente texto, Sírio Possenti!

  11. 11 Lia 18/04/2010 às 2:40 am

    A-do-rei!!!
    Gente vc a colocou em seu devido lugar.
    Ps: primeira vez que visito seu blog, interessantíssimo, por final.
    Parabéns!

  12. 12 Daniel Brazil 18/04/2010 às 1:13 pm

    O mérito é do professor Sírio Possenti, Lia! Obrigado pela visita.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: