Até o Paulinho!

paulinhodaviola

Alguém disse, certa vez, que era contra a pena de morte, com exceção dos que enviam mensagens anônimas. É um tipo de covarde que encontra na internet o ambiente ideal para proliferar, como certos fungos. Nunca escrevi uma mensagem sem assinar embaixo, com nome e sobrenome. Sei lá, acho que estaria sendo desonesto comigo mesmo se fizesse o contrário.

Mas tem um tipo ainda pior: aquele que usa o nome de outro. As tais mensagens atribuídas a pessoas famosas, que circulam na rede, multiplicadas por incautos (às vezes inocentes, às vezes cheios de má fé), são mais que uma praga, são sinais de patologia.

Hoje mesmo recebi mais uma atribuída ao Luiz Fernando Veríssimo. O escritor gaúcho detém o infeliz recorde de ter o nome mais usurpado da Internet. Qualquer metido a engraçadinho – e covarde –  que faz um texto “de humor”, atribui ao filho do Érico.

Outros recordistas são Millor, Gabriel Garcia Marquez, Jabor e, no setor místico-babaca, o Paulo Coelho e o Dalai Lama do Tibet.

Hoje também fui surpreendido com uma mensagem atacando grosseiramente o Lula. Até aí, normal. Basta ler qualquer jornal diário  pra encontrar um tipo de “análise” que parte do preconceito, em vez de crítica real, coerente e objetiva (que o Lula merece, como qualquer governante).

Mas essa era assinada por nada menos que  Paulinho da Viola. Mal escrito, como de praxe, desce a ripa no Lula fazendo comparações com Barack Obama. Achei estranho desde o primeiro parágrafo.

Como sou adepto de uma  seita musical onde o primeiro  mandamento é  “Cartola é Deus, e Paulinho seu único profeta” , fui conferir no site oficial do ilustre compositor (de onde tirei a foto deste post).  E está lá o desmentido.

Nem precisava. O texto que circula por aí é totalmente deselegante. E Paulinho prima pela elegância em tudo que faz. Mesmo que tenha críticas a Lula, como eu ou você, não o fará da mesma forma de gente que prefere a covarde forma do anonimato.

Pior: o texto está abrigado numa página da Maçonaria. Eis o tipo de entidade decrépita que, às custas de um passado honrado e até glorioso, sobrevive hoje como se fosse um clubinho de adultos mal resolvidos que brincam de sociedade secreta.

Conheço alguns maçons, e nem todos são babacas. Mas esta do Paulinho da Viola foi de lascar!

Anúncios

3 Responses to “Até o Paulinho!”


  1. 1 Mario Abramo 07/03/2009 às 5:32 pm

    Daniel,
    Postei no blog do Nassif a respeito dessa notícia (ainda tá sendo moderado, não sei se vai sair).
    Acho q a gente precisa pensar seriamente a respeito do que fazer com esse tipo de coisa. Eu dei uma bronca no Alípio a respeito de um hoax q ele repassou pra Listha. Já tinha dado a mesma bronca na minha irmã.
    Esse caso é muito pior que um hoax. Compromete (claro q pra quem entende de alguma coisa não tem efeito) uma pessoa pública. Existe uma netiqueta, é preciso existir uma netética.
    []s
    Mario

  2. 2 Mario Abramo 07/03/2009 às 5:36 pm

    Ops
    Quando eu falei q o comentário tá sendo moderado, eu falei “não sei se vai sair”, mas era pra escrever “não sei quando vai sair”. Até hoje, nenhum comentário que postei no blog foi censurado.

  3. 3 Daniel Brazil 07/03/2009 às 10:23 pm

    Grande Mario:
    Sabemos que umas das virtudes da Internet é a possibilidade de se exprimir livremente. Infelizmente, sempre vão existir o covarde, o frustrado e o mesquinho, que se aproveitarão desse espaço para crocitar asneiras e mentiras.
    Pra nosso conforto, são e sempre serão minoria.
    Abraço!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: