Aves de rapina sobre o Butantã

gavião

Os pios, altos e estridentes, chamaram minha atenção. No alto da árvore mais alta da rua, dois gaviões-carijó repartiam um pombo. As pequenas plumas flutuavam até o chão, à medida que as fortes bicadas dilaceravam o corpo da vítima.

Um terceiro gavião, maior que os dois primeiros, pousou na árvore ao lado. Soltou alguns pios, meio que pedindo licença pra entrar no banquete, mas os primeiros foram rudes. Abrindo as asas e gritando alto, pareciam dizer que o rango só dava pra dois.

O bicho ficou ali por um tempo, indo de uma árvore a outra, mas sem se aproximar muito.  Depois de meia hora, desistiu. Abriu as grandes asas e voou rumo à mata do Instituto Butantã.

Não é uma cena rural, como você já deve ter percebido. Isso aconteceu semana passada, na rua José Piragibe, Vila Indiana, aqui no bairro do Butantã, em São Paulo.  Já andei em muito mato por este mundo, mas nunca tinha visto gaviões-carijó (como esse da foto) tão próximos. E três de uma vez! Lembrei do filme Os Pássaros, do Hitchcock, embora lá só apareçam aves “pacíficas”, não de rapina.

E lembrei também que este, que é um dos bairros mais verdes de São Paulo, está sofrendo forte especulação imobiliária, por causa do Metrô. Agora querem abrir um túnel sob o Parque da Previdência, destruindo a Praça Elis Regina. Rasgando o Plano Diretor, sem consultar a população e contribuindo para piorar a qualidade de vida do bairro.

Por essa e por outras é que participo do movimento Butantã Pode!, contra o túnel, a degradação do bairro e a cambada de vereadores que quer mudar a lei para favorecer a sanha imobiliária. Estripam os direitos dos cidadãos de forma muito mais violenta que os gaviões-carijó, que só fazem isso porque precisam se alimentar. Não é à toa que boa parte dos energúmenos recebeu “doação de campanha” das empresas do setor, de forma irregular, como denunciaram a pequena e a grande imprensa no mês passado.

Dia 18 de junho faremos um grande ato na Praça Elis Regina, em defesa do bairro. Voltarei ao assunto!

Butantã

Anúncios

8 Responses to “Aves de rapina sobre o Butantã”


  1. 1 akio 05/06/2009 às 11:45 am

    Também não conhecia essa ave. Nem tinha visto em fotografias.
    Em compensação, vi um Pica-pau. Muito bonito! Ficamos admirando quase 10 minutos. Pena não ter tirado fotos.
    Gostei do seu blog, de ótimo nível e crítico. Voltarei mais vezes.
    Ao contrário do seu, o meu blog, é bem popular, mas muito extenso. Estou treinando para construir um texto mais curto e objetivo.
    Abraço
    Akio

  2. 2 Daniel Brazil 05/06/2009 às 1:15 pm

    Obrigado pela visita, Akio! O estilo de teu blog tende para a crônica, tem uma construção mais literária. É outro ritmo de escrita (e de leitura).
    Aliás, esta foto não é minha. Gostaria de saber o nome do autor, já que está rolando na Internet. Há dezenas de fotos de gaviões-carijó na rede, mas nenhum em posição tão agressiva, num ambiente urbano. Quase perfeita!
    (Claro que os profissionais vão criticar o enquadramento, mas é flagrante, não foto posada…)

  3. 3 paulow 05/06/2009 às 4:16 pm

    Poxa vida, estava crente que a foto era sua…. Abracos !!

  4. 4 Daniel Brazil 05/06/2009 às 5:05 pm

    É, Paulow, em geral coloco fotos minhas aqui. Desta vez não deu… Quando vi os gaviões, estava sem a máquina por perto.
    Abração!

  5. 5 dalila teles veras 07/06/2009 às 2:22 pm

    Olá,caro Daniel
    Sua pena (ops! falha minha, “teclado”) está sempre em estado de prontidão, não só para ver/olhar/apreender, como também (aí entra o bom jornalista que é) para ser empunhada em favor de causas cidadãs.
    Gosto de todas as facetas.
    parabéns e abraço da
    dalila teles veras

  6. 6 Daniel Brazil 07/06/2009 às 3:09 pm

    Puxa, desse jeito vou acabar me achando um jornalista de verdade!
    Felizmente, nesta boa briga estão arquitetos, músicos, sociólogos, aposentados, estudantes, professores, comerciantes, síndicos e até alguns (poucos) políticos.
    Pensar globalmente, agir localmente. Esse princípio dos ambientalistas cabe bem nessa situação. O que nos une é a defesa da qualidade de vida de um dos bairros mais verdes de São Paulo.

  7. 7 Fatima Araujo 26/10/2009 às 1:54 pm

    Bom dia a todos.
    Pessoal fiquei maravilhada ao deparar em minha janela de onde trabalho em Pinheiros num prédio comercial, inicialmente achei estranho aquele barulho , um pio estranho como se fosse uma gralha.
    Para meu espanto qdo olhei um BELISSIMO GAVIÃO, tinha em média uns 30cm de altura, muito lindo. Depois que ele me viu ele alçou voo e se foi. Engraçado como a Natureza é sábia, para mim é a ave de rapina mais linda e ela me deu este grandioso prazer de conhecê-la , uma gde pena que fora de seu habitat natural.Mais foi uma esperiência ESPETACULAR.

  8. 8 Daniel Brazil 26/10/2009 às 4:04 pm

    Quem gosta de observar aves, ou tem curiosidade sobre seu comportamento e identificação, a grande dica é uma visita ao http://www.wikiaves.com.br. A mais completa do Brasil, considerada uma das 5 melhores do mundo. Lindas imagens e até cantos gravsdos.
    você vai gostar, Fatima!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: