Fim de tarde em Montmartre

Primeiro, uma trilha sonora. Clique e, enquanto ouve, vá passeando!

Esta canção faz parte do cenário parisiense. Em Montmartre, bairro boêmio, pode ser ouvida o dia todo, pelos mais diversos instrumentos.

MúsicosMontmartre

Le Chat Noir

Paris  53

É espantosa a quantidade de artistas de rua, de todos os tipos. De músicos a malabaristas, de retratistas a mímicos. É verão, e nas ruas coloridas do bairro misturam-se estudantes, flâneurs e turistas de todo o planeta.

Paris  57

Paris  60

Paris  64

No fim da tarde sentei numa mesinha na calçada, bem no centro do agito, e revisei a história do mundo, do pintor Lênio Braga e da família Brazil com a mana Manuela. Depois de vários pression (o sol se põe às 21 horas, nesta época), flagrei um homem tentando atravessar um muro…

Paris  65

E já que você chegou até aqui, passeie também pelo Sena, para se despedir da Cidade-Luz. Ela voltará ao Fósforo, mas ligada a outros assuntos, sem preocupação cronológica.

Paris  94

Paris  81

Paris  102

Paris  92

Sena e Eiffel

Próxima parada, a ensolarada Sicilia!

Anúncios

7 Responses to “Fim de tarde em Montmartre”


  1. 1 paulow 07/09/2009 às 12:04 pm

    Adorei o título em sei lá o que: Pod niebem Paryza !!!

  2. 2 Daniel Brazil 07/09/2009 às 2:59 pm

    Você sabe que Paris é uma cidade do mundo, né? Tem artista de todas as nacionalidades tocando Sous Le Ciel de Paris à beira do Sena. E nas ruas de Roma, de Budapest, de Varsóvia, de Praga…

  3. 3 Fábio Mendes 08/09/2009 às 2:54 pm

    Encontrou a Amélie Poulain por lá?

  4. 4 Daniel Brazil 08/09/2009 às 5:07 pm

    Procurei no meio da multidão, Fábio, e nada! Nem aquele francês clássico andando com uma baguette debaixo do braço eu vi.
    Mas o que tinha de turista japonês com filmadora…

  5. 5 akio 08/09/2009 às 5:38 pm

    E eu pensando que os franceses são frios e chatos. Mas para eles, os chatos são os ingleses, assim como entre brasileiros e argentinos. Uma simples rivalidade nos esportes, mas um precisa do outro. Será isso?
    Abraço
    Akio

  6. 6 Daniel Brazil 09/09/2009 às 10:48 am

    Akio, no verão acontece um fenômeno curioso na Europa: todos saem de férias! É difícil achar um parisiense em Paris, um romano em Roma, um londrino em Londres. A mistura de turistas (locais ou exóticos) aquece todos os ambientes!

  7. 7 Charô 19/09/2009 às 6:07 pm

    O homem na parede… Suspiros!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: