Paulo Vannuchi e os Direitos Humanos

Estive ontem na Casa da Cidade, na Vila Madalena, em São Paulo, ouvindo o ministro Paulo Vannuchi, da Secretaria Especial dos Direitos Humanos. O mesmo que está sendo apedrejado na grande imprensa por causa do PNDH 3, o programa de direitos humanos democraticamente debatido por milhares de pessoas, em diversos fóruns, há mais de dois anos.

Achei que ia encontrar um homem acuado, intransigente, rancoroso. Não é esse o retrato pintado pela mídia? Pois me certifiquei, pela enésima vez, de como a mentira propagada de forma sistemática pelos meios de comunicação manipulados se desmancha, confrontada com a realidade.

Perante uma sala lotada, e sabendo que estava sendo transmitido pela internet, Vanucchi deu uma aula de história, iniciando em 1789. Passou pelo lema “liberdade, igualdade, fraternidade”, comentou como este último termo foi substituído por solidariedade no século XX.  Citou Hannah Arendt, lembrou a fundação da ONU e a  Declaração Universal dos Direitos do Homem, falou do contexto brasileiro.

Mais que isso: destacou, perante uma platéia majoritariamente petista, que os PNDH 1 e 2 foram criados no governo FHC, elogiou José Gregori e Paulo Sérgio Pinheiro, lembrou que Nilmário Miranda, ao assumir o Ministério em 2002 falou em continuidade, reconhecendo um dos  avanços do governo anterior. Apontou as vacilações petistas, falou abertamente do conflito com Stephanes (Agricultura) e Jobim (Defesa),  sempre de forma respeitosa.

O paradoxo: Um monte de energúmenos que na época aplaudiam FHC pelos avanços, hoje atacam o governo Lula e o PNDH 3 porque dá continuidade a uma série de ações que são regra em todo o mundo democrático! Vários países do chamado Primeiro Mundo adotaram medidas duras contra torturadores e mandantes, condenaram  generais e ex-presidentes, ministros e secretários.

Como registrou o insuspeito Fernando Rodrigues, jornalista da Folha de SP, confrontando os textos originais, os termos do PNDH 2  (de 2002!) eram mais contundentes que os do plano atual, que apenas dá continuidade às propostas. Mas… mudam os tempos, mudam as opiniões. Um período pré-eleitoral é perfeito para os oportunistas atacarem tudo o que antes não era alvo preferencial.

E o PNDH 3 não trata apenas de tortura e desaparecidos políticos, embora isto já fosse motivo digno para sua existência. Fala de direitos das mulheres e das minorias (a separação se faz necessária, uma vez que mulher nunca foi minoria). Fala de trabalho escravo e de mediação entre sem-terra e polícia, coisa mais que óbvia, mas que a bancada rural (e a da bala) se recusa a aceitar. Claro, pagar a polícia para bater em sem-terra é muito mais fácil. Solução medieval, que el-rei (ou el-duque, conde, barão) aplaudiria.

Vanucchi conta em detalhes a negociação dos termos finais, o confronto com representantes do Exército, o embate com os mui-amigos ministros. Reconhece e assume erros na condução do processo, não transfere responsabilidades. Postura de homem digno.

A aula do ministro foi gravada e amanhã estará na rede, graças à parceria entre a Casa da Cidade e a ViaTV. Perdi a festa da Alpharrabio, em Santo André, fiz um trabalho voluntário, mas saí de alma lavada.

PS, em 25/02 – A palestra pode ser vista aqui. Recomendo!

Anúncios

4 Responses to “Paulo Vannuchi e os Direitos Humanos”


  1. 1 Daniel Brazil 25/02/2010 às 3:47 pm

    A palestra já pode ser vista em http://www.youtube.com/viatv1.

  2. 2 Flor 25/02/2010 às 6:03 pm

    ótimo o texto, e ótimo saber que tem gente assim por lá…

  3. 3 Daniel Brazil 25/02/2010 às 6:14 pm

    Tem muita gente mesmo, Flor. Ainda bem!

  4. 4 juliana 11/03/2011 às 12:44 pm

    olá, alguem tem algum contato/e-mail do ex-ministro Paulo Vannuchi?


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: