Das contradições do ser humano

Duas notas de jornal (Estadão, 24/05/2010) me provocam pensamentos contraditórios:

“Uma adolescente de 15 anos foi estuprada dentro de um clube, quando participava de um baile de debutantes, na madrugada de sábado, no centro de Sorocaba, a 92 km de São Paulo. Ainda, no sábado, a jovem foi submetida a cirurgia reparadora no Hospital Regional e já recebeu alta.”

(Cirurgia reparadora? Pra que, exatamente? Em que época vivemos, onde isso ainda é exigido?)

“Uma mulher de 31 anos esfaqueou o namorado, que se recusou a fazer sexo com ela”.

(As mulheres não se contentam com a igualdade. Agora querem imitar os homens no que eles têm de pior. Em que época vivemos, onde isso é permitido?)

As perguntas são apenas retóricas, claro. O ser humano é complexo o suficiente para ter comportamentos primitivos junto com atitudes avançadas e libertárias. Assassinos podem ser pais amorosos. Mães cruéis podem ser excelentes profissionais, admiradas no ambiente de trabalho. Gays podem ter comportamentos homofóbicos. Gente de esquerda pode assumir atitudes de direita. Fulano que esbraveja contra a corrupção na política acha normal sonegar imposto de renda ou pagar uma cervejinha pro guarda. Feministas criam filhos com atitudes machistas. Médicos fumam. Padres pecam. Pastores roubam. Ambientalistas poluem. Ateus dizem “graças a Deus”. Condenados se candidatam a cargos públicos. A justiça é cega (quando convém).

Só a morte é certa. Mas já estão inventando a vida artificial…

Anúncios

6 Responses to “Das contradições do ser humano”


  1. 1 Ruggero 26/05/2010 às 5:30 pm

    É bom não esquecer das pessoas de “ótima índole” que pagam “extras”/”sobrepreço”/”ágio” nos açougues, supermercados, padarias etc, para terem “o melhor para sua família”…
    abs

  2. 2 Daniel Brazil 27/05/2010 às 12:22 pm

    Parafraseando um antigo ditado:
    A coerência humana tem limites. Já as contradições….

  3. 3 dalila teles veras 27/05/2010 às 5:51 pm

    Caro Daniel.,
    Bela e oportuna reflexão.
    Se para compreender a complexidade deste complexo mundo é preciso dominar o que Edgar Morin chama (e pratica) de pensamento complexo; para entender as contradições humanas seria preciso remontar à nossa pre-história e tudo que aquilo que até aqui foi registrado, refletido, praticado… Somos contraditórios porque humanos e humanos porque contraditórios…
    abraço
    dalila

  4. 4 Daniel Brazil 27/05/2010 às 11:06 pm

    Boa síntese, Dalila. Às vezes nos cobramos coerência demais…

  5. 5 neuzza pinheiro 30/05/2010 às 5:27 pm

    Oi, Daniel
    Parece que a grande obsessão é satisfazer necessidades materiais absurdas e imediatas, sem filtrar, sem questionar absolutamente nada. Desejos.
    As coisas não são o que parecem…mas ninguém quer saber o que são Mesmo a suposta “busca espiritual” virou mercadoria e tapetinho pra esconder a sujeira. E isso é
    tão antigo, mas as pessoas sabem que é teatro e…aceitam o papel.
    Há dias encontrei na rua uma mulher que arrastava o filho de uns dois anos pela mão, sob o sol do meio-dia .
    A criança ia gemendo, quase desfalecida, não conseguia..
    quando comentei que era preciso carregar a criança, ir pela sombra, ela me encarou com muito ódio e disse, babando: num se mete não dona, porque Deus é quem cuida…”

  6. 6 Daniel Brazil 30/05/2010 às 8:11 pm

    Não há almas brancas ou pretas. Há gradação de cinzas…


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: