A Concha

Certa vez um menino, brincando na praia, achou uma concha. Não uma concha nova, esmaltada, mas quase um fóssil, desgastado pelo sal e pela areia. Nunca saberemos da pré-história da concha, que um dia foi um ser vivo. Mesmo assim, o menino achou bonito aquele esqueleto de concha, e o levou para casa como um troféu.

O pai do menino, que era pintor, também gostou do esqueleto de concha. Fez questão de pintar um quadro com a concha e mais alguns personagens.

A concha até hoje é guardada pelo menino, que escreve este post, muitos anos depois. Sobreviveu a várias mudanças de endereço, casamentos e separações. Enfeita uma prateleira de livros onde histórias de fósseis, descobertas e achados inverossímeis convivem em harmonia.

O quadro está até hoje na casa de uma irmãzinha do menino, que fez esta fotografia.

Anúncios

4 Responses to “A Concha”


  1. 1 Ana 15/06/2010 às 11:16 pm

    Eu lembro das pinturas do pai desse menino! Acho que ficamos de fazer um site pra ele, não?!

  2. 2 Daniel Brazil 16/06/2010 às 12:58 am

    É verdade! Ainda vamos fazer, Ana.

  3. 3 Paulow 16/06/2010 às 11:44 am

    Precisa fazer esse site!! Logo!!
    PS: Baixei o Chopin, genial mesmo….

  4. 4 Daniel Brazil 17/06/2010 às 12:17 am

    Rapaz, preciso achar um patrocínio! Requer pesquisa, fotografia, viagens, entrevistas… Pra fazer bem feito, claro. A obra está muito esparsa, em mãos de particulares, galerias e alguns museus.
    Ainda vai sair, deixa eu acertar na loteria!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: