Debate entre candidatos

Dentro de alguns minutos vai começar o primeiro debate televisivo entre os candidatos à presidência do Brasil. Hoje, pesquisa CNT/Sensus coloca Dilma 10 pontos à frente de Serra.

Pra mim, essa eleição já está decidida. Por identidade, votaria no Plínio. Por empatia, na Marina. Se há um ponto em que Dilma e Serra se igualam é na falta de carisma, na pouca simpatia.

Não tenho dúvida de que o projeto de governo que Dilma representa é muito superior ao de Serra. Há inúmeros dados, estatísticas, gráficos e opiniões mundiais respeitáveis sobre o desempenho do Brasil nos últimos anos.  E viajei o suficiente pelo país para sentir a diferença de um governo que investe em algumas políticas sociais de fato.

O maior problema do PT são as alianças. O maior problema do PSDB são as alianças. PMDB é uma coisa disforme, oportunista, meio populista, centro-gelatinoso. DEM é direita. Excludente, discriminatório, elitista. É duro justificar esse tipo de aliança, seja de que lado for.

PS, duas horas depois: Plínio foi o melhor, disparado.

Anúncios

5 Responses to “Debate entre candidatos”


  1. 1 helion 06/08/2010 às 8:25 pm

    Daniel, o debate foi, me ocorreu agora uma palavra que até hoje nunca usei, “anódino”. Ninguém “dos três” disse nada relevante, provocante, significativo. Perguntava-se sobre a indústria naval e se incluía a APAE na resposta. Perguntava-se sobre medidas contra o latifúndio e se argumentava que “o Brasil é muito diversificado”. Nesse contexto, o único que não tinha nada a perder – Plínio – foi o destaque. Fora ele, todo mundo estava instruído por marqueteiro para não ser agressivo, não ser radical, para agitar argumentos prontinhos e previamente decorados. Nesse último quesito – instrução prévia por marqueteiro – a Dilma me parece ter sido a que passou pior impressão. E será que não explicaram a ela que deve se dirigir à câmera, não ao debatedor do lado? Quer dizer: nem a instrução do marqueteiro foi bem assimilada. Assim é duro.

  2. 2 Daniel Brazil 06/08/2010 às 8:42 pm

    Fui dormir pensando a mesma coisa, Helion. Que raio de assessoria ela tem? Ou ela não ouve assessor?
    Serra aprendeu o estilo Maluf de debater: pergunta-se uma coisa, ele responde outra. Marina, apagada, sem brilho, outra decepção.
    Restou o velho Plínio, cheio de verve: Chamou Serra de hipocondríaco, Marina de eco-capitalista e Dilma de Dona Dilma. E falou para o espectador, olhou para a câmera com firmeza, dialogou com o público. Merecia um partido melhor!

  3. 3 Hugo Brasil 12/08/2010 às 9:57 pm

    Alguem que defende propriedades agricolas com mil metros quadrados no Brasil é um imbecil.

    Isso defende Plinio.

    Um velho tolo que vai matar o nosso peso no mundo, o agro-negocio, fornecemos comida, o maior poder de barganha e ganho que temos na balança comercial.

    E vem um comunista antigo e ultrapassado defender isso no seculo 21.

    Desculpem, mas isso é burrice, e não vitoria.

  4. 4 Daniel Brazil 12/08/2010 às 10:23 pm

    Hugo, é evidente que nós sabemos, os brasileiros sabem, e o Plínio também, que o PSOL não vai ganhar. Isso deixa o velhinho na posição confortável de falar o que quiser, o que ele faz com verve e boa dose de crítica.
    A questão agrária é bem séria: o feijão, o quiabo, a alface, a couve, a abóbora e a beterraba que nós comemos (a lista poderia conter mais 500 itens) são produzidos em pequenas propriedades, não nos latifúndios do agronegócio. Reforma agrária já resolveria o problema da fome para muitos brasileiros. Você acha que Holanda, Portugal, Inglaterra, França, Alemanha, Japão, etc, tem latifúndios? Isso é coisa de colônia…

  5. 5 helion 12/08/2010 às 10:46 pm

    “Alguem que defende propriedades agricolas com mil metros quadrados no Brasil é um imbecil.
    Isso defende Plinio.”

    Caro, o Plinio defende como limite mil hectares, não mil metros quadrados. Mil metros quadrados ninguém no mundo defende. Caso você não saiba, um hectare são dez mil metros quadrados.

    Mil metros quadrados são um lote de 10 por 100 metros. Ninguém propôs isso.

    Para quem chama os outros de imbecil com tanta facilidade, confundir 1000 metros quadrados com 1000 hectares é muito revelador.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




Arquivos

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: