O Caso dos Dez Negrinhos

Não, não vou escrever sobre o clássico de Agatha Christie. A Jussara faz isso bem melhor que eu. Vou contar um pequeno acontecido aqui na Ilhabela, esta semana.

Como alguns já sabem, estou desde início de novembro numa casinha onde tenho por companhia apenas a Pretinha.

Vez em quando aparece o Uísque, um bon vivant da vizinhança…

… que entra e sai de casa sem cerimônia, saltando sobre o muro de mais de 1,5 m. Quase um gato, se isso não for ofensa para um cão.

No último fim de semana, tive de ir a Sampa. Quando voltei encontrei isso.

Dez cachorrinhos, com a marca do pai: todos são Black Label. Pretinha, um ano e meio de idade, primeira gravidez, deve ter algum parentesco com coelha. Chamei o Uísque na responsa, e ele caiu na real.


– “O que eu fui fazer?”

Tem sido visto nos botequins mais escrotos, enchendo a cara, em péssimas companhias. O réveillon vai ser animado por aqui.

Anúncios

4 Responses to “O Caso dos Dez Negrinhos”


  1. 1 Flor 17/12/2010 às 11:38 pm

    uAU, anunciando o ano que inicia!
    não estás masi sozinho… beijos!

  2. 2 dalila teles veras 18/12/2010 às 4:34 pm

    caro Daniel,
    Os ares da ilha afiaram sua pena, cada vez mais solta e criativa. Comovente post!
    forte abraço
    dalila

  3. 3 Jussara Xavier 18/12/2010 às 10:20 pm

    Que problema tu arrumaste! Em compensação já sei qual o Agatha Christie do primeiro semestre.rs
    Consola o pai, mas tira o coitado dos butecos…
    bjs
    Jussara

  4. 4 Daniel Brazil 19/12/2010 às 12:02 am

    Poia é, réveillon com casa lotada…


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: