Ponto final

Esta semana coloquei o ponto final no romance que escrevo desde novembro.  Não significa que esteja pronto. Comecei a reler, revisar, trocar frases, limar as palavras repetidas, me espantar com as pequenas incongruências. Até junho tem de estar pronto e entregue.  Cerca de duzentas páginas, menos do que eu esperava. Sinto-me meio frustrado, pois achei que meu livro pararia em pé. Livro sério se mantém em pé, certo? Porém não consigo mais espichar a trama, fazer firula, encher lingüiça. As coisas se resolveram assim, de forma meio autônoma. Os personagens se recusaram a continuar.

Não tenho vontade de escrever outro romance, por hora. Quero voltar aos contos, que já me proporcionaram algumas alegrias. Sempre achei que uma boa história pode ter dez ou quinze páginas. Poe, Borges ou Tchekov nunca escreveram um romance. Norman MacLaren, mestre supremo do cinema de animação, nunca fez um longa metragem. Nem precisou.

Afinal, pra que serve um romance?

PS (12/02): Relendo este post, sinto que não me expressei muito bem. Dá a impressão de que não fiquei contente com o resultado.
Anotem: Gostei, e consegui realizar aquilo que estava na minha cabeça. Sem desculpas furadas depois, podem me cobrar.

Anúncios

5 Responses to “Ponto final”


  1. 1 valmir 10/02/2011 às 9:26 am

    Realmente meu velho, um livro que não fica em pé não tem pé, por outro lado é importante que a hist´ria não seja sem pé nem cabeça você não acha? Também terminei nova aventura literária que pretendo lançar no primeiro semestre, são poemas e um texto de trinta páginas, jamais havia escrito algo tão longo.
    abraço
    Valmir

  2. 2 Jussara Xavier 10/02/2011 às 12:09 pm

    Ponto final, que ótimo. O difícil vem agora, a nossa própria critica, rs
    bjs
    Jussara

  3. 3 Penélope Martins 10/02/2011 às 9:57 pm

    romance serve para várias coisas Daniel, a mais importante delas talvez seja ele próprio. e para o romance, seja dito em tempo, única palavra traduz mil páginas. no aguardo do lançamento!

  4. 4 Daniel Brazil 11/02/2011 às 10:49 pm

    Relendo meu post, sinto que não me expressei muito bem. Dei a impressão de que não fiquei contente com o resultado.
    Anotem: Gostei, e consegui realizar aquilo que estava na minha cabeça. Sem desculpas furadas depois, podem me cobrar.

  5. 5 fernanda 12/02/2011 às 4:46 pm

    Vim te conhecer por conta de uma certa geleia de laranja. Adorei!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: