Na terra dos lobisomens

 Semana passada conheci a terra dos lobisomens. Nunca ouviu falar? Pois Joanópolis, pequena cidade paulista encravada na Serra da Mantiqueira, pertinho da divisa com Minas Gerais, ostenta com orgulho o título de Capital Nacional do Lobisomem.

Há muito tempo que planejava uma visita. Calhou o último fim de semana de férias da Carmen, com direito a sol, friozinho à noite, caminhadas, cachoeiras, remadas e comilanças.

Ficamos numa pousada bem confortável, na beira da represa do Jaquari, que banha três municípios.  Chegamos na sexta, com essa bela visão do crepúsculo.

Na manhã seguinte… 

Sábado foi dia de conhecer a cidade. Lobisomem pra todo lado, em canecas, camisetas, paredes, ímãs de geladeira, cardápios, chaveiros e toda sorte de badulaque. Boa parte do comércio gira em torno do simpático licantropo.

Fomos até a Cachoeira dos Pretos,  no caminho pra Monte Verde. É uma das maiores do Estado, com 154 metros. Segundo o lobisomem que nos guiou, no verão tem o dobro de água. Mesmo assim, é impressionante. Engraçado como o estrondo da queda dágua afeta nossa percepção. A fotografia, muda e estática, diminui muito a noção do tamanho…

 A mesma cachoeira, vista do alto…

Acordei cedinho na manhã de domingo, e vi garças, patos, tucanos, maritacas, siriemas, canários da terra e mais uma infinidade de pássaros. Não encontrei lobisomem, mas vi pegadas na beira da água…

Depois remamos por quase duas horas, aproveitando o sol. No dia seguinte, mal consegui escovar os dentes, com a asa dolorida. Fora de forma… Nesta foto, tirada da Ilha do Boi, vemos a pousada ao fundo.

De qualquer modo, recomendo o passeio. Há uma boa rede de pousadas, lindas paisagens, boas comidinhas (o Caipirão tem um pato sensacional, e a cantina Provincia di Lucca, um fetuccine all’arancio inesquecível), produção local de queijos de cabra e de boas cachaças. E encontros garantidos com lobisomens, todos vacinados e sorridentes.

Anúncios

14 Responses to “Na terra dos lobisomens”


  1. 1 Marli Belloni 05/08/2011 às 3:34 pm

    A Cachoeira dos Prestos é linda mesmo, mas tem de tomar cuidado. O Fernando levou um tombaço nela… Joanópolis é a sede da OSCIP Terceira Via com um trabalho muito interessante na conservação ambiental na área da Mantiqueira.
    Beijocas
    Marli

  2. 2 Jussara 05/08/2011 às 7:09 pm

    Dani, eu conheço Joanópolis, a mini-série Anarquistas, Graças a Deus foi em boa parte gravada nela! Mas na epoca não tinha Pousadas e os lobisomens eram mais “escondidos”, rs
    bjs
    Jussara

  3. 3 Daniel Brazil 05/08/2011 às 7:23 pm

    É, Ju, parece que não correm o risco de extinção. Estão se multiplicando…

  4. 4 dalila teles veras 08/08/2011 às 9:35 pm

    Daniel, Joanólopis vem de “joana”, a “terra das joanas”? Como é que de joana passou a lubisomen? Que coisa? O fato é que parece mesmo ser encantadora. Fica a dica para a primeira oportunidade. grata
    dalila

    • 5 Lobisomem 18/08/2011 às 1:38 pm

      Querida Dalila, antigamente a cidade era chamada de Curralinho. Depois de muito tempo passará a chamar Joanopolis que Joa=Joia e não Joana…
      Seria a Joia da Mantiqueira, só que meu pai Lobisomem ofereceu gentilmente o seu nome que ficou então conhecido como A Capital do Lobisomem…

      Lambidas a todos…

    • 6 Gino Dinelli 26/02/2012 às 12:39 am

      a referência para o nome da cidade vem de seu padroeiro: São João Batista

  5. 7 Daniel Brazil 08/08/2011 às 10:49 pm

    Na verdade, o nome vem do santo padroeiro da cidade, São João Batista. A história do lobisomem é bem mais recente, data dos anos 80, quando uma reportagem do Estadão divulgou o estudo de campo de uma folclorista, Maria do Rosário de Souza Tavares de Lima. Ela lançou um livro chamado “Lobisomem, assombração e realidade”, baseado em depoimentos colhidos na região, e um pessoal com faro comercial pegou o mote. Hoje o lobisomem é o principal produto de exportação da cidade. Tem até festival de comida de lobisomem! (Que é a tradicional galinhada…)

  6. 8 Acauã Rodrigues 15/08/2011 às 8:18 pm

    .
    Uai, e os Lobisómi num comeram o viado não…??
    .

  7. 9 Daniel Brazil 15/08/2011 às 8:34 pm

    Rapaz, boa questão! Você, que é do ramo, pode ir lá perguntar…

  8. 11 samuel 05/01/2012 às 1:36 pm

    la nao tem nada disso!!!!

  9. 12 Gino Dinelli 26/02/2012 às 12:38 am

    Obrigado por nos citar em sua matéria, ficamos felizes. Entre no meu facebook para se atualizar dos novos pratos e das belas imagens de Joanópolis!!!
    Gino Dinelli (Cantina Provincia di Lucca)


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: