Uma flor de domingo

Eu não sei o nome dela. Já estava aqui quando me mudei, há quatro anos. É tímida, tão tímida que só floresce à noite. Em uma noite especial de verão. Depois morre.

Em 2009 deu meia dúzia de flores. O suficiente para que não fosse cortada do jardim, como um mato qualquer. No ano seguinte, a mesma coisa. Resolvi fazer uma poda dos ramos velhos, adubar, investir na “desconhecida”.

E agora, em 2012, ela retribuiu. No sábado, estava cheia de botões. Mais de trinta, dentro e fora do muro. Quem passou pela calçada se admirou.

Domingo à tarde estava assim.

E então, nesta noite de domingo, ela se abriu. Para a lua, para as mariposas noturnas, para os morceguinhos polinizadores, para nós. Toda a energia concentrada para oferecer este espetáculo dura uma única noite. Amanhã estará murcha, meros bagos brancos despencados, que em uma semana desaparecerão. Resolvi repartir com vocês um pouquinho de sua beleza. Quem souber o nome, pode dizer!

 

Anúncios

13 Responses to “Uma flor de domingo”


  1. 1 Marisa Ono 30/01/2012 às 4:14 pm

    Olá, a Ione me repassou o post e fui conferir. Aqui em casa conhecemos como Dama da Noite (epiphyllum oxypetalum), da família dos cactos. Este ano, por conta do tempo maluco, teremos duas floradas. A nossa está com muitos botões.
    Encontrei uma foto no meu Facebook, do ano passado:

  2. 2 Daniel Brazil 30/01/2012 às 4:33 pm

    É essa mesma, Marisa! O problema é que com o nome genérico de dama-da-noite tem uma dúzia por aí, pelo menos…
    Conheço uma dessas em Ilhabela, que produz flores idênticas, porém maiores. Creio que são todas primas da flor-de-maio, mesma família.

  3. 3 dalila teles veras 30/01/2012 às 11:11 pm

    Grata, Daniel, pela partilha desse momento único. Isso me fez lembrar de uma exposição da artista inglesa Margaret Mee, que vi não faz muito tempo na Pinacoteca de SP. Como é sabido, Margaret foi apaixonada pelo Brasil e capturou no papel, com impressionante técnica e delicadeza nossa flora, em especial as brumélias. Pois bem, já bastante idosa, ela organizou aquela que seria sua última expedição à Amazonia para concretizar um sonho acalentado durante décadas, ou seja, ver desabrochar uma rara espécie de flor de cacto, conhecida como flor do cacto da lua, que floresce uma só vez por ano, e como a sua, Daniel, (que deve ser, sim, da família), à noite, só que em noite de lua cheia. Vi o vídeo desse momento e o desenho que ela fez da flor e nunca mais esqueci disso, é realmente comovente a forma como ela narra o acontecimento único. Ela diz mais ou menos assim: “posicionada ali, com a orla escura da floresta ao redor, senti-me enfeiçada e foi quando percebi a primeira pétala a se mexer, depois a outra e mais outra e, finalmente, a flor explodiu para a vida”. Anotei isso numa caderneta e, agradeço-lhe a oportunidade de poder dividir agora consigo a emoção daquele momento. Parabéns pelo delicado e sensível post.
    dalila

  4. 4 Daniel Brazil 30/01/2012 às 11:26 pm

    Puxa, o fato de ter lembrado Margaret Mee me deixa muito feliz. Era uma pessoa extraordinária e uma grande artista!
    Adorei a publicação lá no blog do Alpharrabio, obrigado!
    http://blog.alpharrabio.com.br/

  5. 5 Marisa Ono 31/01/2012 às 10:54 am

    Sim, Daniel, são todas aparentadas: cactos, flor-de-maio, flor-de-outono. E sim, existem várias espécies,com flores maiores ou menores. Também chamam de dama-da-noite um parente do jasmim, que eu detesto, aliás, por conta do perfume enjoativo.

    • 6 Daniel Brazil 31/01/2012 às 11:06 am

      Sei bem qual é, Marisa. Tem um pé aqui perto, cerca de 30 metros de distância, do outro lado da rua, e o perfume chega aqui….

  6. 7 reiko miura 05/03/2012 às 11:45 am

    Maravilhoso, Daniel. Uma única noite há muitos anos perdi o espetáculo. Depois, nunca mais.

  7. 8 Aldaisa Gonçalves 21/04/2012 às 5:29 pm

    Tenho essa linda flor aqui em casa chama-se dama da noite ou estrela da noite, maravilhosa não canso de fotografar já chegou a dar mais de 80 flores tenho mito carinho por ela as sua estão lindas parabéns…

  8. 9 Daniel Brazil 21/04/2012 às 6:22 pm

    Este ano ela deu duas floradas cheias, coisa rara!,

  9. 10 Cris 25/04/2012 às 11:30 pm

    Este ano a minha deu 5 flores, ano passado em sua primeira florada foram apenas duas, procurei na net e achei com o nome de rainha da noite. São lindas, o problema é que quando os botões começam a ficar gordinhos eu começo a ficar ansiosa…rsrsr tenho medo de abrirem quando eu não estiver em casa e perder o espetáculo.

    • 11 Daniel Brazil 26/04/2012 às 7:17 pm

      Na segunda florada, aqui em casa, choveu a noite toda. Acabei não apreciando o espetáculo como poderia! Às vezes, acontece…

  10. 12 Rosi Marri 29/10/2012 às 10:16 pm

    Eu tenho uma,não sabia o nome ate então.Resolvi pesquisar na net e encontrei seu blog,agora ja sei que se chama dama da noite.E um espetáculo.Cheguei as 7 horas do trabalho e a minha estava quase toda aberta quando sai na varanda ela ja tava linda,mas no outro dia ela murchou totalmente.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: