A vitória do polvo

_DSC4968

Reconheço, um tanto decepcionado comigo mesmo, que tenho publicado pouco aqui no Fósforo. Continuo escrevendo diariamente, pois esse é o meu ganha-pão, mas anda faltando inspiração para criar minhas croniquinhas eventuais. A Revista Música Brasileira, com a qual colaboro, também tem notado essa maré baixa…

E não é falta de assunto, pois os dias tem estado agitados. Eleições ali e ali, guerras iminentes, filmes memoráveis, livros provocantes, massacres lamentáveis, previsões maias inquietantes… Até culinária, assunto que pouco explorei por aqui, tem me rendido algumas alegrias e poucos textos.

Domingo passado fiz o melhor polvo ao forno de minha vida, elogiado pelos comensais. Rendeu tanto que virou cuscuz de polvo no dia seguinte, pelas mãos habilidosas da Carmen. Ouvimos muito a frase “o melhor cuscuz de polvo que já comi na vida”, embora desconfie de que ninguém ali havia provado antes tal iguaria. Eu também não, mas estava ótimo!

_DSC4973

Neste domingo em que escrevo, uma nação alvinegra espanta/encanta o mundo do esporte. Mais pela festa que pelo futebol, mas devo admitir que o técnico Tite tem algo de gênio. Um time com dois ou três craques, um monte de jogadores medianos e outros francamente ruins, chegar onde chegou, só pode ser mérito do treinador. Uma coisa é ser campeão com o Barcelona (modestamente, até eu!), outra com o Corinthians!

Discordo daqueles que dizem que a torcida fez a diferença. Passei a adolescência em São Paulo, convivendo com esta que é a maior e mais fanática torcida do estado, e mesmo assim a falta de campeonatos durou 21 anos. Ué, antes não fazia diferença, e agora faz?

Campeão

Enfim, foi divertido juntar um monte de amigos, convencer a Tita a abrir o Canto Madalena às 8 h de um domingo com café da manhã “de hotel”, torcer e vibrar feito um louco, ver a Vila Madalena fazer um carnaval alvinegro. Não se preocupavam com profecias maias, mas festejavam um guerreiro inca. A avenida Paulista então, teve até trio elétrico! Festa de todos os credos, partidos, raças ou classes sociais, coisa bonita de se ver. Só não é festa de todos os times, paciência.

 Enfim, deixei os temas do meio da semana de lado, e termino como iniciei: festejando o polvo e o povo. (Como você vê, a inspiração para trocadilhos também anda bem fraquinha…).

6 Responses to “A vitória do polvo”


  1. 1 Pandora 16/12/2012 às 8:57 pm

    Se torcida grande e apaixonada ganhasse jogo o Santa Cruz do Recife estaria no Japão no lugar do Coríntias e não na terceira divisão! #Fato

    E o povo me deu fome!!! hummmmmm….

  2. 4 Carmen Pimentel Cintra do Prado 17/12/2012 às 12:14 pm

    O polvo estava realmente divino.
    Cozido no ponto certo – só me lembro de ter comido na vida um outro assim tão macio e nada borrachento – temperos perfeitos, nem mais nem menos, visual impecável…
    Newton tem uma frase famosa, “se enxerguei tão longe foi porque subi nos ombros de gigantes” (ele se referia as descobertas de predecessores), e eu digo copiando:
    Se o cuscus ficou bom foi porque o polvo estava divino! Quero mais!

  3. 5 dalila teles veras 21/12/2012 às 7:16 pm

    Caro Daniel,
    passei, degustei e deixo aqui o meu desejo de que a chama deste fósforo se mantenha sempre acesa, para deleite dos que precisam sempre de luz. Boas Festas e um 2013 esplêndido para você e a Carmen. Abraço forte e saudoso da dalila

    • 6 Daniel Brazil 22/12/2012 às 10:19 pm

      Obrigado, Dalila. Você é minha maior fornecedora de poesia, e me deu belas alegrias em 2012, através de teu blog. Vamos nos encontrar mais – ao vivo! – em 2013, com certeza.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: