Arquivo de agosto \14\UTC 2013

A Itália onírica de Bel Demarchi

Itália Onírica 2

Estiquei o último domingo no Zeffiro, na rua Frei Caneca, em São Paulo. Uma charmosa cantina italiana, instalada num casarão do final do século XIX, com paredes de tijolo aparente, excelentes bruschettas, Serramalte gelada e elogiadas massas.  E a melhor coisa da noite foi contemplar, fascinado, as obras da Izabel Demarchi.

Um alumbramento. É a palavra que melhor define o trabalho da fotógrafa-artista. Bel, aviso logo, é amiga de muitos anos. Há tempos tem divulgado na internet suas criações, um misto de fotografia, pintura, gravura, grafitti e intervenção gráfica. Ela fotografa, imprime e pinta em cima. Nada de photoshop e intervenções virtuais. Bel suja as mãos, mexe com as cores, e quando a aquarela não chega ao resultado desejado lança mão do estojo de maquiagem, da raspagem com ponta seca, da tinta acrílica, da caneta esferográfica. Experimentação total.

E o resultado é deslumbrante, quando apreciado em grande formato. Leitora atenta de Manoel de Barros, Bel começou fotografando/repintando pequenas coisas: folhas secas, poças d’água, reflexos de luz, gravetos, nuvens, rachaduras na calçada. E fez obras lindíssimas!

Aí surgiu um convite da Vera, dona do Zeffiro, amante das artes e criadora de ambientes esteticamente estimulantes.  Que tal uma exposição? Mas… natureza, folha seca, galho podre, vão combinar com pappardelle ao funghi? Bel puxou da gaveta um álbum de viagem pela Itália e inventou em pouco tempo imagens oníricas, de cidades impressionistas, únicas, mágicas.

Itália Onírica 3

Enfim, recomendo um mergulho nessa exposição. É uma recuperação artesanal dos artistas clássicos, aliada à técnica digital da fotografia. Uma intervenção artística que mostra o quanto o presente tem a ganhar interagindo com o passado laborioso das artes. Não esquece a tradição milenar e ritual de se debruçar sobre um objeto e transformá-lo, tornando a experiência fruível a todos. Sentimos empenho e criação, não apenas clicadas em efeitos digitais pré-programados.

Itália Onírica 1

(A exposição pode ser vista até 2 de setembro no Zeffiro, na rua Frei Caneca, 669, em São Paulo)