Drama na savana

Impala na árvore

         No segundo dia, a menos de 80 metros da entrada do lodge, havia um cadáver pendurado numa árvore. Um leopardo guardou ali a carcaça de um impala, a salvo dos leões, hienas e chacais. A foto da Carmen é só para registro, pois eram 6 h da manhã, com um contraluz terrível. As que tentei fazer foram todas perdidas…

Leopardo

         Leopardo é o mais difícil dos Big Five, e ver uma cena como esta é ainda mais rara. A tragédia havia ocorrido a pouca distância de onde dormíamos. Tragédia? Segundo o guia, era uma mãe-leopardo, e o filhote devia estar por perto, escondido. Mães caçando para alimentar o filho tornam o drama menos trágico. Ou não?

Impala

Impalas são os mais abundantes herbívoros da savana. É traçado por todos os carnívoros, incluindo os humanos. Na mesma noite, num jantar em torno da fogueira e regado por um bom vinho nacional (da África do Sul, claro), provei uma típica torta de impala… Na noite fria, sob a bela lua africana, cantarolei baixinho a canção de Almir Sater e Renato Teixeira:  “Pois a natureza é isso, sem medo, nem dó nem drama.”

Impalas

0 Responses to “Drama na savana”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: