Ouvindo árvores

Já pensou que som teria uma árvore? Não se trata do som do vento nas folhagens, nem de galhos se quebrando ou frutos caindo. O som terrível de uma árvore sendo derrubada na floresta é inesquecível, mas o que você vai ouvir aqui é outra coisa.

O alemão Bartholomäus Traubeck inventou um aparelho que “lê” as marcas do tempo em um tronco. Na verdade, em um disco de madeira (reflorestada, diz ele).  Num processo semelhante ao das antigas caixinhas de música, um feixe de luz varre a superfície da madeira, associando as manchas e irregularidades com sons de piano. A ideia pode parecer maluca, mas o cara lançou na Alemanha 12 álbuns com os sons obtidos, que batizou de Years. É, como ele define, a passagem do tempo nas árvores. Ou a memória do crescimento, com suas marcas e  (às vezes) traumas.

Deixe tua imaginação viajar, talvez pintem outras interpretações. Mas que é curioso (e belo), isso é!

Anúncios

1 Response to “Ouvindo árvores”


  1. 1 José Artur Medina 01/12/2013 às 4:50 pm

    O grande crime do PT foi permitir o peculato do Marcos Valério. Quanto ao Genoíno e o José Dirceu a mídia não fez a menor questão de separar o joio do trigo, tampouco deixar claro a ausência de provas contra o Dirceu.Vamos ver agora se a justiça vai pegar pesado contra o PSDB neste último caso em São Paulo.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




Arquivos

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: